fbpx

inflamação

A Pfizer divulgou uma nota informando que “está ciente das observações israelenses sobre inflamação no coração que ocorreram predominantemente em uma população de homens jovens que receberam a vacina da Pfizer-BioNTech contra a Covid-19″.

“Os eventos adversos são revisados regular e exaustivamente e não observamos uma incidência maior de miocardite do que seria o esperado na população em geral. Uma relação causal com a vacina não foi estabelecida. Não há evidências neste momento para concluir que a miocardite é um risco associado ao uso da vacina da Pfizer-BioNTech contra a Covid-19”, finalizou.

“É uma situação que deve ser investigada e precisamos esperar por um relatório final, mas em uma análise intermediária parece que o risco de adoecer com Covid-19 é muito maior do que com os eventos adversos da vacina, e o risco de inflamação no coração após a vacina da Pfizer é baixo e temporário”, disse Nadav Davidovitch, diretor da escola de saúde pública da Universidade Ben Gurion.

Fonte: reuters.com

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Aceito Leia mais

Política de privacidade e cookies